#52semanasdegratidão 2/52

Trocar cartas


Sou grata por escrever e receber cartas!
Há um ano eu recebi um convite do blog Cartas Hoje e, após hesitar um pouco, resolvi aceitar. Está sendo maravilhoso!
Quando eu era adolescente escrevi algumas cartas nos endereços publicados em revistas.
Algumas décadas depois, cá estou neste projeto!
E olha que me surpreendi ao saber que existem grupos imensos espalhados pela internet.

Esta semana eu recebi uma carta dizendo que o carteiro havia ficado feliz em entregar a carta ao remetente pois havia muito tempo que ele não entregava uma carta sem ser comercial.
É uma conexão diferente da instantaneidade do virtual.
E-mail, instagram, até mesmo um comentário num blog pode ser feito de uma fila, de uma sala de espera.
Já a carta exige um certo recolhimento para ser escrita.

Encontrei um trecho de um livro, palavras que bem definem esse nostálgico hábito de escrever cartas:

"Eu não tenho telefone, mas não me sinto desconectado de meus amigos e alunos. Eu penso neles frequentemente. Escrevo cartas usando papel de verdade, com canetas de verdade. Demora um tempo - às vezes dias, ou uma semana para que eu termine uma carta de apenas uma página para um amigo. Porém, nesse meio-tempo, eu posso pensar nesse amigo.
     
                                                                              Thich Nhat Hanh  monge budista vietinamita


Blogagem coletiva organizada pela Elaine Gaspareto. Vem agradecer também!


Comentários

  1. Poxa, que gostoso!
    Enviei vários cartões de Natal e até o próprio correio estranha!
    Mas eu gostei e adorei cada um que recebi de volta....
    Andréia
    A Casa da Sherazade

    ResponderExcluir
  2. Que lindo isso e adorei o texto do monge.MARAVILHA! Que bom receber cartas, aliás, adorei receber a tua, masa até hoje não respondi...Que coisa!

    Lindo post e motivo de ser grata! bjs praianos,chica

    ResponderExcluir
  3. Boa noite, querida!
    Recebi algumas também e gosto muito, por isso, escrevo... assim, na certa recebo algumas e não me incomodo se não vêm mas sempre vem alguma... bom demais!
    Gostei do pensamento que conclui seu post, muito apropriado refletirmos neste tempo de tanta efemeridade nas amizades... pensar no outro é um bom começo do amor ágape...
    Bjm fraterno e um abençoado 2017!

    ResponderExcluir
  4. Lindo esse projeto. Eu amo receber cartas. Coisa rara nos dias de hoje.
    Acho que nas cartas expressamos melhor os nossos sentimentos.
    Amei o pensamento.
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Oi querida. Bom dia! Este lindo hábito de escrever cartas é uma das grandes delicadezas da vida. É mesmo indescritível o prazer de tocar um envelope que sabemos não contem algum boleto eletrônico ou mala direta comercial. A emoção que antecede a abertura, o imaginário tomando conta e a alegria de ler cada palavra é um presente raro. Que a vida e o carteiro lhe tragam muitase lindas cartas! Um abraço grande.

    ResponderExcluir
  6. OI Ana Paula, que legal esse projeto de trocas de cartas. Eu não sabia que ainda tinha pessoa que trocavam cartas assim. Imagino a alegria do carteiro.
    Adorei o seu post de gratidão desta semana.
    beijos
    Chris

    ResponderExcluir
  7. Que lindo texto que citasses do monge e me fez lembrar no meu tempo escolar antigo primário que passava um caderno com questionário para responder, assim era uma forma de conhecer melhor a intimidade de nossos colegas de classe. És dessa época Ana?
    Um final de semana iluminado.
    Sônia
    www.lugaresdicasecuriosidades.com - Aproveito para convidá-la a seguir meu cantinho

    ResponderExcluir
  8. Nossa! Eu também gostava de me corresponder com pessoas através desses endereços que eram publicados nas revistas. Cheguei a fazer amizade com pessoas que conheci pessoalmente. Gostaria de saber mais sobre esse projeto que você falou. Bjs

    ResponderExcluir
  9. Olá querida, que lindo este projeto!
    Tenho que te confessar quen não escrevo e nem recebo uma carta a muitos anos, nossa!
    Com a correria do dia a dia e com a facilidade da internet quase nem falo mais por telefone!
    Gosto da idéia de escrever cartas, é muito mais pessoal.
    Bjooo amei seu cantinho...

    https://devaneiosdocotidianoo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Ana Paula, que lindo este texto, que ideia maravilhosa, sabe que também recebi cartas este ano? Pois é, é uma emoção diferente, tantos anos que não recebia uma, também adoro escrever e adotar essa maneira talvez seja uma forma de resgatar velhas e boas emoções, amei.
    bjuivos no seu coração.

    Loba.

    ResponderExcluir
  11. Que projeto maravilhoso, eu já viajei na imagem do carteiro... Aquele cidadão curioso e feliz, com aquele envelope escrito a mão! Quem diria! Me remeteu a tempos em que mandávamos cartas para vovó e quando chegava eu corria para entregar para mamis e escutar o que ela contava na carta! E olha que tenho só 42 kkkkk, lindissima mensagem, bjos.

    ResponderExcluir
  12. Adoro escrever e receber cartas, linda atitude de conexão.
    Levar alegria a outros cantos e outras pessoas, trocar informações e palavras de carinho.
    Muita Luz e Paz
    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Ana Paula, no Natal pensei muito sobre isso.
    Fui tentar escrever um cartão e não consegui.
    Não sei mais escrever à mão. Tanto tempo digitando, sou muito rápida, mas não consigo escrever à mão.
    Fiquei horrorizada, corri comprar um caderno de caligrafia e agora me esforço pra escrever ao menos uma frase por dia rsrsrs
    Minha letra, que eu amava, está horrível rsrsrs

    Concordo com o trecho que você citou acima. Penso que. com uma carta, não havia tanta bobagem escrita como há hoje em dia na velocidade das redes sociais... Às vezes parece que não dá tempo de pensar antes de apertar o Enter...

    beijosssss

    ResponderExcluir
  14. Olá,
    Primeiro quero te agradecer pela visita e comentário no meu post. Esta blogagem coletiva que a Elaine criou está sendo mesmo uma ótima oportunidade para conhecer blogs e pessoas muito interessantes.
    Nossa, eu escrevia cartas quando era adolescente, depois, nunca mais.
    Uso celular e computador para tudo, nem sei mais escrever. Outro dia precisei escrever um texto à mão. Me assustei com a minha letra, que já não era lá essas coisas e com a falra de prática, ficou horrorosa.
    Foi também uma surpresa para mim saber que existem grupos de pessoas que ainda cultivam o hábito de escrever cartas, que bom que isso ainda não se perdeu.
    Beijinhos,
    Ana
    www.viagensebeleza.com

    ResponderExcluir
  15. Olá Ana Paula,que linda sua postagem!Quando terminei de ler, revivi o passado.Eu mantinha correspondência com pessoas tão queridas, quantos cartões de Natal mandava e recebia também, sempre ia na papelaria com moedinhas pra comprar um papel bem bonitinho,mas se faltava o dindim, a criatividade se fazia presente. Nossa que saudade boa, obrigada por proporcionar um momento tão bom. Tenha uma semana repleta de Paz e Bem! Nice Obs:. Se tiver mais um espaço na sua listinha de correspondência me avise, podemos trocar endereços, bjs!

    ResponderExcluir
  16. Eu tb gosto de escrever cartas, já escrevi mtas, mas hj não escrevo mais, infelizmente.
    Até fazia parte de um grupo de blog para trocarmos cartas, mas depois de umas três a ideia não vingou.
    Mas acho mto bom que vc junto com seu grupo tenha conseguido que a troca de cartas desse certo. Que continuem firme e forte.
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Faz tempo mesmo que não recebe e nem escrevo uma carta sequer. Bem legal esse projeto. Parabéns!! Que consigam continuar com esse lindo projeto.
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  18. Sempre gostei de enviar e receber cartas. Fiz isso até mais ou menos 2002, 2003. Adoro. Depois, aderi a um projeto de escrever para desconhecidos, largar bilhetes perdidos por aí, e isso ainda faço de vez em quando. é bom demais. Algumas amigas aderiram, e a claudia Pinto foi a mais efetiva. Espia lá. bjs http://arrumandoacasaeavida.blogspot.com.br/2015/08/compartilhe-palavras-alguem-pode-estar.html

    ResponderExcluir
  19. Perdi a conta das cartas que já troquei. É realmente muito gostoso.
    Bjk e abençoado fim de semana.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários são trocas, partilhas que agregam, acrescentam e nutrem um blog. Compartilhe o seu pensar, o seu sentir!

Postagens mais visitadas